BOA ALIMENTAÇÃO, A MELHOR FERRAMENTA DE PRODUTIVIDADE DE TODOS OS TEMPOS

Não que eu alguém me pergunte, mas se me perguntassem sobre qual a melhor ferramenta de produtividade de todos os tempos euresponderia sem titubear que é uma boa alimentação. Se as pessoas soubessem a diferença que uma dieta equilibrada faz em termos de energia, disposição e concentração, talvez não trocassem nada disso apenas pelo prazer momentâneo do paladar.

Um dos ditados mais sábios que existem é o que fala que “você é o que você come”. Colocar junk food para dentro dia após dia só vai transformar você, com o tempo, em uma espécie de carro velho que não tem mais o desempenho de antigamente e que vive enguiçando e tendo que ir à oficina (sobretudo se, além de se alimentar mal, você também não faz exercícios).

Acredito piamente que com mudanças simples na alimentação é possível dobrar os níveis de energia, disposição, concentração e até mesmo velocidade de raciocínio. Os relatos de quem adota uma dieta 100% vegetariana (os chamados “vegans”), por exemplo, são incríveis.

Pelo que ando lendo, em livros assinados por médicos especialistas, é preciso ter atenção sobretudo a cinco ingredientes que devem ser evitados ao máximo:

  • Gorduras saturadas
  • Gorduras trans
  • Açúcar simples
  • Açúcar invertido
  • Farinha de trigo enriquecida

É tudo o que existe na maioria dos produtos industrializados, o que nos deixa com poucas opções de considerarmos o supermercado como o universo de busca dos alimentos. É possível, no entanto, comer bem e com um bom gosto evitando-se alimentos não-saudáveis e ingerindo propositadamente alimentos que fazem bem, os chamados alimentos funcionais:

  • Aveia
  • Alho
  • Açaí
  • Nozes ou castanha
  • Sardinha ou salmão
  • Azeite
  • Soja
  • Brócolis
  • Molho de tomate

O maior problema que vejo é no lado “social” da comida. Quando você vai a uma festa, ou é convidado a almoçar numa churrascaria, além de as opções diminuírem muito às vezes fica chato ficar só na salada, com arroz integral e um franguinho grelhado.

Aqui é importante perceber que o que importa é o que você faz na maior parte do tempo, e não em 100% do tempo. Isso quer dizer que se você come corretamente durante toda a semana e aparece uma pizza com os amigos no sábado, não há porquê ficar se ausentando ou se penalizando. É só não deixar que a regra se torne uma exceção.

Fonte: http://fatorw.com/